Aprovada instalação de hospital de campanha em Carapebus

por Tania Maria Garabini publicado 02/04/2020 08h40, última modificação 02/04/2020 08h43
E indicação para adquirir os kits de teste rápido do coronavírus

Foi aprovada na sessão de terça-feira por totalidade dos vereadores as indicações para a instalação de hospital de campanha, em caráter de urgência e para a compra de kits de teste rápido para exames do Coronavírus.  Nessa sessão transmitida on line, devido a quarentena, compareceram sete vereadores. Alguns portavam máscara para alertar da necessidade de prevenção à doença.

O presidente Anselmo Prata relembrou que na sessão anterior foram feitas indicações como a compra do kit de teste rápido. Em seu entender isso é de “suma importância para tirar a angustia das pessoas, que irão esperar os resultados para saber se estão ou não com a doença. Como só temos o Lacen a fazer esse teste, apelamos para que se faça essa compra. Apelamos também a secretaria de Saúde forneça os EPIs de última geração para a proteção do pessoal da Saúde, Segurança e do Serviço Público, porque todos os dias eles estão a frente desse trabalho”. Ele quer saber por que ainda não foram adquiridos e distribuídos esse material já que há recursos na Saúde para esses e outros serviços. 

Em paralelo elogiou as ações da Saúde que montou cinco CTIs para atender os pacientes, assim como montar barreiras sanitárias mas precisa acelerar as ações porque é preciso fazer até compra direta, sem licitação para a aquisição das EPIs e não falar que apenas fez o pedido e está à espera. 

Para ele, o momento é crítico e não se pode fechar as portas da prefeitura para a população. “É momento de estarmos presentes. É muito fácil ficar em casa, mas eu estou aqui porque não dá para ver as pessoas passando necessidade e nada fazer. Eu até ficaria como acontece em outras cidades, mas lá os prefeitos desempenham seu papel, não são omissos”. Solicitou ao secretário de Saúde para que peça a prefeita para que todas as secretarias ajudem nesse combate ao vírus. “Sozinhos vocês não irão conseguir”.

“O hospital de campanha é de fundamental importância e já deveria ter sido montado. Ele serve para atender pacientes com o vírus, ou mesmo com uma gripe, uma febre e precisa ficar em observação”. Lembrou que se houver alguém doente e for colocado na enfermaria do hospital Carlito Gonçalves colocará em risco de contaminação os demais pacientes e funcionários que lá estiverem, aumentando ainda mais o problema. Detalhou que basta colocar tendas climatizadas para montagem do hospital. “Isso pode ser feito em lugar de montar camarins com ar condicionado para festas como são feitas”.

Por sua vez, a vereadora Tânia Cabral detalhou que em contato com a prefeitura foi informada da compra de 100 kits de teste rápido e que a secretaria de Saúde está apenas esperando a chegada do material. E salientou que estará sempre presente para votar coisas de urgência que atendam a população.

Luciano Sardinha (Deuty) fez uma indicação de prorrogação de prazo para o pagamento do IPTU para os moradores da Praia que tiveram suas residências alagadas e agora solicita que a prefeitura estenda esse benefício para toda a cidade. Ainda nesse tema, o vereador Wagner Melo pediu para que a prefeitura isente o IPTU esse ano para todos os imóveis da cidade.

Alertou Deuty que só existe um termômetro – que está sendo utilizado em rodízio – nas barreiras sanitárias no parque de exposição, sentido Conceição de Macabu e Morrinho em direção a Quissamã. Não há o aparelho em Retiro onde os profissionais só pegam nome e endereço de quem transita em direção à Macaé.