Câmara Itinerante assegura ao cidadão direito de opinar

por Tania Maria Garabini publicado 21/07/2019 11h53, última modificação 21/07/2019 11h53
Em sua terceira edição, sessão na praia teve reforço com audiência pública

Mesmo em recesso, a mesa diretora da Câmara de Vereadores realizou uma sessão itinerante e audiência pública na Praia de Carapebus. Com a presença de dezenas de moradores, os dois eventos contaram ainda com a participação dos deputados estaduais Chico Machado, João Peixoto e representante de Welbert Rezende. Fizeram uso da palavra ainda o ex vereador Juninho, o diretor do parque de Jurubatiba, Marcelo Pessanha e representantes das entidades civis locais. Na oportunidade o presidente da Casa, Anselmo Prata lembrou da importância da sessão itinerante como forma de aproximar o Legislativo da população.

E a Audiência pública como “papel fundamental de darmos um tratamento necessário para essa praia de Carapebus, para nossa lagoa, nossa restinga e para a cidade”.

O deputado João Peixoto assegurou que unirá força com os colegas Welbert Rezende e Chico Machado, “junto com o governo do estado e prefeitura para que a população tenha dias melhores. Esse lugar é muito lindo, principalmente a lagoa e ela têm que ser cuidada com muito carinho, com união dos governos federal, estadual e município”.

Chico Machado se lembrou da importância da sessão itinerante que vem sendo feita em Carapebus e que participou, como vereador em Macaé de ações semelhantes e que isso foi de grande ajuda para a população macaense. Lembrou que a Lagoa foi de grande significado para ele e sua família, já que tiveram uma residência no local e da necessidade de preservar o local, tratando do desassoreamento, da falta de esgoto. Para isso ele conta com o apoio dos demais deputados estaduais que são do Rio de Janeiro, para que consigam em Brasília verba federal, a fundo perdido para melhorias sanitárias no local.

Defendeu a união de esforços para unir o desenvolvimento com geração de emprego e equilíbrio com a preservação do ambiente. Ele defende o turismo com preservação, permitindo à população trabalho, mas sem dilapidar o meio ambiente.

Sebastião Carneiro Junior - representante do welbert - parabenizou a mesa diretora pela iniciativa da Câmara em nome de Welbert que acredita que somente assim as autoridades ouvirão o que realmente a população precisa. “É o nosso trabalho e por isso estamos aqui. A beleza da lagoa é incomparável sendo fundamental a união de todos para preservá-la. O aproveitamento econômico é fundamental, assim como vocês vereadores trazerem essas melhorias. Só estruturando o interior e os arredores que batalharemos para trazer resultados econômicos para nossa população”.

Na sessão, o vereador Marcelo Borginho convidou a população a participar mais da política. De estar presente nas sessões da Câmara acompanhando e cobrando as ações da prefeita e dos vereadores. “Tudo é política, se falta médico no hospital, se falta estação de tratamento de esgoto, mas se a população não fizer junto com os seis vereadores não temos como mudar as coisas, porque quem realiza obras é o poder executivo, o vereador indica”. Em sua fala, Borginho explica que as pessoas não estão freqüentando as sessões itinerantes, temendo que seus parentes sejam demitidos dos cargos que ocupam na prefeitura. "Essa é a realidade. Na sessão de Ubás um servidor que eu convidei se desculpou por não comparecer devido o receio de ser mandado embora”. Para ele, não se pode acomodar apenas por um emprego, e sim lutar para que a cidade melhore para todos.

Henrique Emery ex secretário de Meio Ambiente de Macaé solicitou que vereadores, a prefeitura e a população se unam e analise a melhor forma de abrir a lagoa, para evitar que isso represente um dado ambiental significativo. Ele acompanha o pensamento do vereador Anselmo Prata de se fazer a revisão do plano de manejo para que as restrições não sejam tão rígidas sem prejudicar o ambiente.