Deut sugere compra de massa asfáltica para atender o Lameiro

por Tania Maria Garabini publicado 24/06/2021 14h20, última modificação 24/06/2021 14h20
Para ele, uso de terra em operação tapa buraco não resolve

O vereador Luciano Sardinha sugeriu que o Executivo realize compra de massa asfáltica para atender os serviços da operação Tapa Buraco. Luciano (Deut) foi contundente em lembrar que, nos reparos de buracos nas estradas vem sendo utilizado areia ou terra, que não agregar valor, apenas adiando por algum tempo a necessidade de refazer o serviço.

Lembrou também que a utilização de terra para tapar os buracos é feita com frequência na localidade da Praia. “Um caminhão de massa asfáltica custa R$ 6 mil e pode ser adquirido por compra direta, não precisa abrir licitação para isso”. Com isso fez uma indicação legislativa verbal para a compra de massa asfáltica. Solicitou que o poder Executivo dê suporte aos secretários para que eles possam atender a demanda da população.

Solicitou também, que a prefeitura mande a máquina patrol fazer a raspagem de ruas de terra nas localidades mais distante, como Vila Paulina, onde mãe não conseguem andar nas ruas com seus filhos, em carrinho de bebê. “Nessa vila inclusive tem mães que possuem filhos especiais e precisam se deslocar até o Centro para receber atendimento e não conseguem andar com os carrinhos de seus filhos”. Citou também o morro Oscar Brito onde quatro ruas próximas à marmoraria estão intransitáveis. “Quando chove, fica vergonhoso. Os moradores do loteamento de Claudio Prata tiveram que comprar canos para instalar seus esgotos. Por mais que pedimos por eles, a prefeitura não atendeu e eles tiveram iniciativa própria para fazer sua rede de esgoto, sem depender de favor de ninguém”.