Deuty pede esclarecimentos sobre verbas e locações

por Tania Maria Garabini publicado 03/06/2020 12h51, última modificação 03/06/2020 12h51
Lembra que a LOA aprovada permite pagamento de servidor em dia

O vice-presidente da Casa, Luciano Sardinha (Deuty) classificou de irresponsabilidade da administração pública o atraso no pagamento dos servidores públicos. Lembrou ainda que, a Lei Orçamentária Anual (LOA) foi aprovada pelos vereadores em dezembro de 2019. Nela está prevista a verba para o pagamento de salários e outras ações municipais. “Não depende do vereador o pagamento do servidor. Depende do poder Executivo. Só que a irresponsabilidade é dela, que não paga e prejudica também o comércio e isso vem acontecendo desde 2018, os atrasos. Na semana passada, conseguiu pagar o restante dos concursados, mas a matemática não fecha, dois mais dois são quatro. Estão colocando culpa nos vereadores, mas não depende dessa Casa o pagamento. Já foi votado em dezembro essa LOA”.

Quanto à Cruz Vermelha, Deuty voltou a reclamar que não está sendo aferida a temperatura das pessoas que passam pelas barreiras sanitárias. “Quissamã, Macaé estão fazendo e aqui continua sem fazer. Precisamos que ajam com responsabilidade e cumpram o que tem que ser feito”. Relatou que foi contratado um camburão velho da Cruz Vermelha, enquanto no hospital há seis ambulâncias novas paradas. E que desde o Carnaval os funcionários dessa instituição sanitária estão sem receber seus vencimentos.

Parabenizou os moradores do Loteamento de Laerte que arrumaram madeiramento e telhas e montaram um ponto de ônibus, para que não fiquem mais expostos ao sol forte ou chuva.

Em suas andanças pela cidade, Deuty visitou a praça Cordeiro e a da Baixada que estariam em obras pela prefeitura e viu que não há placas com dados dos valores, qual empresa que está realizando e tempo para conclusão. “Para se fazer qualquer obra no município é preciso colocar uma placa com essas informações”. Essa medida atende a Lei de Transparência que é exigida por lei. Em 2017, o deputado Deley enviou para o município – via emenda parlamentar - a verba de R$ 350 mil para a construção de quadra coberta com praça. “Recebemos diversas emendas parlamentares. Então queremos saber se as obras na praça Cordeiro e da Baixada estão sendo feitas com emendas do deputado Deley ou não, porque não tem nada dizendo o valor, nem qual empresa que realiza o serviço”, finalizou.