Deuty pede médico de plantão nos PSFs para atender acamados

por Tania Maria Garabini publicado 30/04/2020 11h12, última modificação 30/04/2020 11h12
E pede esclarecimentos sobre duplo contrato de iluminação pública

O vereador Luciano Sardinha Carvalho (Deuty) quer esclarecimentos do município sobre o duplo contrato para atender a iluminação pública e a falta desse serviço por toda a cidade. Ele sugeriu que sejam convidados os dois empresários contratados para saber quais serviços são executados por suas empresas, valores e se os contratos estão sendo pagos.

“Vemos alguns maquinários estão trabalhando, mas será que estão sendo pagos. Quanto a iluminação pública, votamos ano passado, verba de R$ 650 mil de suplementação para atender a demanda da comunidade. Até a data de ontem não tinha chegado o material. Já tem um caminhão agregado à Secretaria de Obras e agora terceirizaram o serviço. Precisamos chamar os proprietários das duas empresas porque não podemos ter dois contratos para fazer o mesmo serviço”. Parabenizou os funcionários da Saúde que tem trabalhado no combate do vírus.

Por fim, solicitou que a Secretaria de Saúde designe uma vez por semana, que um médico da Família faça plantão nos PSF porque há pessoas acamadas que não tem condições. “As enfermeiras estão indo nas residências, mas a receita só o médico pode passar. Por favor secretário, tenha sensibilidade com nosso povo carapebuense”.

Maicon Pimentel

Maicon Freitas Pimentel falou da espera na troca de lâmpadas dos postes nas ruas, porque as que estão sendo utilizadas tem duração de apenas dois dias de funcionamento, por ser um produto de baixa qualidade. Outra reclamação feita pelo vereador é de que as cotas do servidor do CarapebusPrev estão sendo recolhidas de seus vencimentos, mas não repassadas para o Instituto. “Infelizmente o servidor da Saúde está desamparado e sem o seu direito a aposentadoria já que não é feito o repasse para o instituto.