Marquinho Pacato pede criação de comissão de Saúde

por Tania Maria Garabini publicado 22/08/2019 13h20, última modificação 22/08/2019 13h20
Grupo iria investigar desatendimento no setor para com a população

O vereador Antônio Marcos (Marquinho Pacato) solicitou aos demais vereadores para que se crie uma comissão parlamentar de investigação para a Saúde municipal, devido aos vários relatos de desserviço à população em contrapartida a significativa arrecadação de recursos para o setor.

 

Marquinho Pacato considerou desnecessário o sofrimento e o descaso que a população vem enfrentando na saúde e relatou como exemplo o descaso com uma gestante ao ter dado a luz a seu filho em Quissamã. Ela foi dispensada pelo médico do hospital em Carapebus porque a hemorragia que apresentava era controlável. Na rua a gestante iniciou o trabalho de parto e foi levada às pressas para Quissamã, de ônibus. Nem mesmo uma ambulância lhe foi fornecida. A criança nasceu uma hora depois da internação no hospital da cidade vizinha.

 

O vereador questionou até quando essa falta de serviço permanecerá na cidade, já que o município obteve verbas para a Saúde suficientes para prestar um bom atendimento médico-hospitalar. “Não vejo necessidade de o município depender de outros lugares, com a quantidade de recursos recebidos, por isso precisamos montar essa comissão e investigar a fundo o que está acontecendo”.