Pacato quer balança de pesagem animal novamente no parque de exposição

por Tania Maria Garabini publicado 08/08/2019 13h59, última modificação 08/08/2019 13h59
Desserviço da prefeitura prejudica produtores rurais

Por motivo desconhecido, a prefeitura destruiu o curral existente no parque de exposição e fez a retirada da balança utilizada na pesagem de animais de grande porte. O vereador Antônio Marcos Pacato indignou-se com essa ação ao ser informado de que o aparelho será instalado – em data indefinida – no horto florestal. Para ele é um desserviço e um gasto desnecessário principalmente para o pequeno produtor rural.

A balança para pesar animal que deveria ser instalada no parque de exposição será alojada no horto florestal e segundo ele, isso não irá atender o produtor rural que precisa desse serviço.  E que o curral antes existente no local foi destruído e não se sabe para onde foi levado o material. “O frete de um animal até o horto está entre R$80,00 a R$ 150,00. E nem todo mundo tem condições para pagar esse valor. A maioria é pequeno produtor rural que precisa desse serviço da balança e não pode dispor de recurso”.

Reclamou do questionamento da promotora pública em Quissamã se a guarda municipal anda armada já que um agente foi denunciar que a corporação está fazendo o combate ao tráfico na cidade.

Marquinho Pacato em sua fala comentou que os vereadores estão buscando fazer o que cabe a eles fazer, que é fiscalizar o Executivo e que se for enviado mensagem que beneficiem a população, será aprovado por todos. “O que não pode é brincar com o dinheiro público”. Reclamou que a promotora pública em Quissamã questionou se a guarda municipal anda armada já que um agente foi denunciar que a corporação está fazendo o combate ao tráfico na cidade. Outra reclamação é de que a balança para pesar animal que deveria ser instalada no parque de exposição será alocada no horto florestal e segundo ele, isso não irá atender o produtor rural que precisa desse serviço.  E que o curral antes existente no local foi destruído e não se sabe para onde foi levado o material.