Prestação de contas da prefeitura preocupa vereadores

por Tania Maria Garabini publicado 14/10/2019 12h59, última modificação 14/10/2019 12h59
Apresentação demonstra que município está endividado

A situação econômica da prefeitura de Carapebus é preocupante, na ótica dos vereadores - diante da apresentação da prestação de contas do segundo quadrimestre feito pelo secretário de Fazenda –

A Saúde fez um investimento a mais dos 15% exigidos por lei, mas o setor está problemático já que há falta de remédios básicos na farmácia popular, não existe material para exames e outras deficiências. Para Anselmo Prata que esteve acompanhando a apresentação, a situação ainda fica pior já que a Fazenda não sabe onde foi gasto o dinheiro investido já que a secretaria não recebeu nenhum relatório de gastos da Saúde. “Provavelmente esse dinheiro não é bem administrado, sendo utilizado onde deve”.

O parlamentar carapebuense mostrou-se preocupado já que recentemente houve uma publicação de um decreto por suplementação na ordem de R$ 6,5 milhões a título de tendência de excesso na arrecadação. Já o secretário de Fazenda informou um déficit orçamentário, no oitavo mês (agosto de 2019) de R$ 12 milhões. Ele indagou ao secretário qual foi o critério adotado para se elaborar o decreto dessa suplementação. “É preocupante e irresponsável se fazer um decreto para suplementar quando há um déficit tão grande. Isso deve ser para atender o interesse de alguém e não da população”.