SOS Água: Chegou o Verão e a água sumiu

por Tania Maria Garabini publicado 06/11/2019 15h50, última modificação 12/11/2019 13h29
Vereador solicita abertura de poços artesianos

Com a chegada do verão o problema da água começou. "Desde 2017 solicitei poço artesiano nos bairros do Alto do Caxanga, Santa Edwiges e a reativação no do Barreiro, já que se conta apenas com o existente em Ubás". Wagner Melo explicou que, o poço não atende as necessidades de consumo local. Isso ocorre devido as retiradas do líquido por caminhões pipa da prefeitura para abastecer outras localidades deixando os moradores de Ubás desassistidos.

“Isso porque a Cedae não dá conta de fornecer água para a cidade. Foi promessa de campanha. Falta pouco menos de um ano e vemos que isso não vai acontecer. Precisamos desses poços artesianos. Acredito que seja uma obra pequena, basta empenho da prefeitura com ajuda da Cedae, que já se colocou a disposição para ajudar nesse assunto”.

Wagner em sua fala comentou que ouviu comentários de que secretários estão comercializando água e outros fazendo “politicagem” no fornecimento, trocando o abastecimento por futuros votos. Informou que a população de Ubás está querendo fazer manifesto pedindo esse atendimento.

Já em Nova Canaã que não tem calcetamento, falta infraestrutura, esgoto e ruas esburacadas e de terra, que se transformam em vala de esgoto a céu aberto e lamaçal em dias de chuva.