Vereadores querem saber origem do recurso de pagamento de servidor

por Tania Maria Garabini publicado 16/07/2020 18h11, última modificação 16/07/2020 18h11
Salários dos concursados foi pago parceladamente nesta semana

O vereador Maicon Pimentel solicitou requerimento para detectar de onde saiu o dinheiro para o pagamento de um mês e meio de salário do servidor concursado. Não há ainda qualquer informação a respeito do pagamento dos contratados, dos funcionários que trabalham pela cooperativa e também os da Cruz Vermelha, que permanecem com salários atrasados há três meses.

E protocolou requerimento para retorno do horário das 5hs15 do coletivo da Quissatur. O requerimento é  baseado em reclamação de morador da localidade de Imbiú, onde não há mais transporte público passando pela região. “Acredito que isso tenha acontecido devido a pandemia, mas se já estão voltando os trabalhos em Macaé os trabalhadores precisam se deslocar ao seu emprego”. E por fim agradeceu ao secretário de Obras que enviou uma equipe para atender o pedido de reparo no bairro Barreiros. E falou da gratidão pela moção de elogio ao padre Marcos Zanco, que prestou relevantes serviços espirituais e materiais a frente da matriz da cidade. Ele será realocado em paróquia de outra cidade.

Retorno de obras

O vereador Wagner Mello protocolou reivindicação para o reparo no estádio de Ubás. “A obra começou e parou e não sabemos como está sendo gasto o dinheiro. Deve ser pelo ralo porque não vemos nenhuma obra. Pedimos a prefeita e ao secretário de Obras que retorne essa obra ou coloque tela porque os jovens jogam bola e acabam atingindo telhados, casas, carros e portas de lojas causando danos”.