Vereadores solicitam cestas básicas para os desabrigados da Praia

por Tania Maria Garabini publicado 28/11/2020 11h56, última modificação 28/11/2020 11h56
Moradores estão afastados de suas casas, tomada pela enchente da Lagoa

O Indicativo Legislativo para que seja criado o programa social de fornecimento de cestas básicas afetados com alagamento das ruas do bairro Praia de Carapebus foi aprovado por unanimidade pelos vereadores presentes. A mensagem foi apresentada pelo vereador Anselmo Prata.

Durante a defesa do projeto, Deuty que estava fazendo uso da fala em plenário indicou verbalmente que a Prefeitura isente o IPTU dos moradores do bairro da Praia, devido as enchentes que, anualmente os moradores enfrentam. “Peço que o futuro prefeito dê essa isenção porque os moradores pela terceira vez, perderam seus bens com a enchente, por problemas da natureza e também pela inoperância da atual administração”.

O vereador Maicon Pimentel informou que esteve na Secretaria de Meio Ambiente e foi oficializado que a prefeitura aguarda apenas a autorização do INEA para verificar se fará a abertura da boca da barra, o Paulista ou instalar mais duas máquinas de dreno para ajudar no escoamento da água”.

 

Agradecimentos

O presidente da Câmara Anselmo Prata agradeceu os votos. “Eu não fui eleito para buscar a reeleição. A população não tem obrigação para me reeleger. Eu conduzi minhas ações e os trabalhos da Mesa Diretora buscando defender os interesses da população. Se continuasse como vereador, minhas ações não seriam diferentes. Porque eu acho que é dessa forma que o vereador tem que representar o povo. Eu asseguro que estarei até o dia 31 de dezembro, com a mesma posição de defender a população, ao servidor, dando transparência aos trabalhos da Câmara de Vereadores”.

Por fim, alertou que com a nova eleição podendo acontecer em Carapebus já que a atual prefeita está inelegível, por ter suas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do estado e pela Câmara. “E a população mostrou nas urnas que quer mudança, porque a prefeita teve pouco mais de 30% dos votos e 65% dos eleitores querem mudar. Temos uma nova oportunidade, que Deus está nos dando, e peço que haja uma união da oposição e consigamos essa mudança”.

Albecir Ribeiro (Tuti) ao fazer uso da palavra, agradeceu à população pelos votos recebidos, colocando-o entre os mais votados na cidade. Mesmo com essa votação expressiva (275 votos) ele ficou como suplente pelo Avante, seu partido. Essa é a terceira vez em que o vereador fica nessa posição, mesmo com a grande votação recebido em pleitos anteriores e nesse.

“Infelizmente com a nova legislação, eu fui um dos mais eleitos, mas não entro na Câmara”, lamentou lembrando ainda que outros três vereadores que assumirão a titularidade das cadeiras tiveram menos votos que ele, nessa eleição. Parabenizou os novos eleitos

Leandro Drumond Esteves (Dandinho) foi breve em sua fala, agradecendo inicialmente à população que o reelegeram. “Quero agradecer inicialmente aos meus eleitores que acreditaram no trabalho que eu venho fazendo para essa cidade e me confirmaram novamente no cargo de vereador. Quero agradecer a todos os meus colegas de Câmara pelos ensinamentos e parcerias ao longo desses anos”. Dandinho está sendo apontado como possível novo presidente da Câmara a partir do ano que vem.

Luciano Sardinha Carvalho (Deuty) - o quarto vereador mais votado (345) depois de agradecer aos eleitores pelos votos recebidos nessa eleição. Lamentou que houve uma disputa acirrada nessa eleição. Foram 196 candidatos à vereador disputando apenas onze cadeiras no Legislativo.

Salientou que, os quatro anos da atual legislatura ficarão na história de Carapebus, pelos trabalhos feitos pela Mesa Diretora em pról da população, como a reforma do prédio, do Regimento Interno, a Câmara Itinerante e outras melhorias que beneficiaram inclusive os servidores, além das emendas aditivas para atender à comunidade.