Vereadores verificarão qualidade das cestas básicas doadas

por Tania Maria Garabini publicado 25/04/2021 10h20, última modificação 25/04/2021 10h23
Ação é resposta à reclamação feita por beneficiados

As vereadoras Tânia Cabral e Cintia Barcelos, visitarão o local de armazenamento das cestas básicas entregues pelo poder Executivo para a população carente. Durante a visita, as parlamentares verificarão a qualidade do material doado, já que há reclames de que são produtos de baixa qualidade e impróprios para consumo. O vereador Robson Xaropinho foi o porta-voz dessa reclamação e levou amostra dos produtos a serem verificados.

De imediato, a vereadora Cíntia Barcelos – em contato com representantes municipais – informou aos demais vereadores que algumas cestas básicas entregues são de pagamentos de multas ou cumprimentos de penalidades judiciais por crimes cometidos. Com isso, não fica especificado a qualidade dos produtos e sim a quantidade de cestas a serem doadas. Com isso, o material que o vereador Robson Xaropinho tenha mostrado em plenário, pode ser resultado desse pagamento de penalidade.

Robson Xaropinho informou que várias famílias vêm reclamando da qualidade dos produtos constantes das cestas básicas doadas pela prefeitura. Ele mesmo experimentou alguns e disse ser impossível consumir o material produzido. “O café que faz parte da cesta básica, é impossível de ser consumido. Está estragado e até o cheiro faz mal. O arroz é classificado como 5, de tão impuro e quebrado que é. E o feijão no saco não tem nenhum inteiro”, finalizou.

Tânia Cabral lembrou que, as cestas vêm sendo entregues regularmente e que a qualidade das mesmas está sendo inquestionável. Mas que irá juntamente com a vereadora Cintia verificar pessoalmente o material em estoque. “Não está havendo reclamação. Essa é a primeira vez em que, ouço esse tipo de reclame. Vamos verificar e se houver algum problema, exigir que se corrija porque nossa população merece ser tratada com respeito e dignidade. E tenho certeza que o governo não está deixando isso de lado”>

A vereadora Cíntia Barcelos salientou que a prefeitura está fazendo um novo recadastramento das famílias beneficiadas para evitar fraudes como duplicidade de fornecimento, já que muitas pessoas declaravam individualmente e assim a família chegava a receber duas cestas na mesma casa ou que estava trabalhando, tirando dos desempregados ou impossibilitados de trabalhar. Após recenseamento, a entrega será normalizada ainda esse semestre.